domingo, setembro 17, 2006

Passeio da J. F. Santo Quintino

Percebi no portal de btt, que aqui mesmo ao lado, perto do Sobral de Monte Agraço se preparava um "passeio" de BTT. Lá fui eu, sozinho, a desejar não me ter metido em nada demasiado avançado.
À chegada uma surpresa. Muitas pessoas inscritas, para passeios pedestres e para o passeio de BTT. A Câmara Municipal do Sobral de Monte Agraço, tem diversas rotas homologadas e é de facto muito interessante verificar como se integra de uma forma extraordinária o pedestrianismo e o btt.

Quanto ao "passeio". Durinho, pensava que estava melhor. Existiam três troços. O primeiro fácil e acessível, fisica e tecnicamente. O início, dando uma volta pelo interior do Sobral engalanado para a festa, foi o máximo.
Não foi de facto difícil, se descontar mais uma corrente partida (tenho de mandar esta para a sucata) que mais uma vez o Pedro da MotoReis prontamente reparou. Não sei se é sorte ou azar, mas quando parto a corrente o Pedro aparece e cinco minutos depois já estou pronto novamente.

O segundo troço, quer-me parecer que consistiu em cerca de 5-6km sempre a subir. Leram bem, sempre a subir. Baqueei no último troço da subida e lá pus a bike às costas. Desenrasquei-me.

O terceiro troço. Bom este não sei, não o fiz. A coisa foi apresentada como sendo demasiado técnica e difícil. Achei que era demais para mim, estive tentado, mas não há nada como acabar o passeio bem, sem mazelas e descansado fisicamente pelo que decidi acompanhar o grupo que rumou ao Sobral. Caminhos largos, fáceis, velocidade de cruzeiro e de repente um "single track" numa pequena vereda, com ressaltos em pedra, buracos, etc... resultado - um grande tralho, a muito pequena velocidade.

Acabo bem, mas com mazelas, e que mazelas, mais um bocadinho lá se ia Mafra. Da próxima vez acompanho os "cromos" que seguiram a volta mais exigente, assim como assim se cair, caio a tentar algo diferente.

Parabéns à organização. O "passeio" funciona bem no esquema apresentado e os guias estão lá sempre que são precisos, os abastecimentos impecáveis, a região é fabulosa e as gentes são fantásticas.

3 comentários:

lumitoca disse...

Olá

Parabéns pela aventura. E pela "coragem"...

Anónimo disse...

Giro, muito giro. Mas, para um profissional da "bola", estes passeiozitos não podem pôr em causa os treinos de 2ª feira.

PP

Big Daddy disse...

E vivam as mazelas... são elas que nos recordam dos erros e permitem voltar a evitá-los (ou não...)

Não te esquivas de Mafra...

Deve ter sido realmente um passeio fixe!...

Fica bem...

Ciclo_RS