sábado, junho 09, 2007

Orquídeas - 4 meses de observações



Estamos em Junho e como prometi, apresento de seguida a lista das espécies de orquídeas que observei durante alguns passeios pedestres e de BTT. A maior parte das observações foi feita no concelho de Mafra, existindo ainda observações realizadas na Arrábida (Terras do Risco) e em Montejunto.



A nomenclatura segue a ...



Este post está em actualização e ficará no topo do blog durante algum tempo. Volte sempre e vá dando opiniões.




Cephalantera longifolia (L.) Fritsch: Espécie que conheço de muitas observações no Parque Florestal de Monsanto, onde é abundante em zonas de carvalhal. Observações feitas em Negrais e Montejunto (poucos exemplares nos dois locais). Lembro-me ainda de belos exemplares observados na Pedra Furada.



Limodorum abortivum (L.) Swartz: Uma novidade. Seis exemplares observados no início da floração, perto da Carvoeira. Tirei fotos que não são de grande qualidade. Esta estação será de visita obrigatória, embora esta espécie possa ficar anos sem florir.



Neotinea maculata (Desf.) Stearn: Alguns (poucos) exemplares na Serra de Montejunto num biótopo muito diferente dos pinhais da lagoa de St. André onde observei extensos maciços.



Orchis papilionaceae L.: Uma outra novidade, depois de muitos anos sem a observar, um único exemplar nas Terras do Risco, junto às Marmitas de Gigante da ribeira do Risco deixou uma marca de alegria e satisfação. Uma das orquídeas mais vistosas que já observei.



Orchis coriophora subsp. fragrans (Pollini) Sudre: Uma orquídea muito abundante nos ervados calcícolas do concelho de Mafra formando extensas manchas de Maio a finais de Junho. Não sei porquê, este ano não consegui sentir o odor adocicado que libertam e que (entre outras características) a distingue da outra sub-espécie.



Orchis italica Poiret in Lam.: Esta é a Orchis mais abundante por estes lados. No pico de floração observam-se extensos maciços, lindos, que chamam a atenção mesmo dos que não se interessam por estas plantas. Não é fácil não reparar nelas durante o mês de Abril.DSC08742.JPG




Orchis mascula (L.) L. subsp. mascula: Identificada a partir das fotografias na Serra de Montejunto, onde era muito comum na beira da estrada de aceso às antenas, em alguns sitios quase a furar o alcatrão (nas zonas mais marginais). Estes exemplares são mais pequenos que o fotogafado (apenas 15-20cm de altura) e merecem uma visita mais cuidada no pico de floração para uma observação mais detalhada e melhor identificação.




Aceras anthropophorum (L.) Aiton fil.: Outra espécie comum e muito abundante sendo facilmente observada, embora não seja tão vistoda quanto a anterior, com a qual hibridiza frequentemente (para a próxima vou observar com mais cuidado as diversas populações)e. Apesar de coexistir com a Orchis italica em praticamente todos os locais, tem um período de floração mais alargado avistando-se desde Março.



Barlia robertiana (Loisel.) W. Greuter:
















Technorati :


1 comentário:

Humberto Sousa disse...

Desde Janeiro que ando a actualizar as minhas imagens da flora da Arrábida e a fazer várias saídas de campo. Inevitavelmente acabei por tropeçar no teu blog que saúdo pelo grande interesse e rigor.